Veteranas no home office, empresas aprimoram o trabalho à distância

Hora News

Além da estrutura para o desempenho das funções, elas também investem no bem-estar dos colaboradores em casa. Em Goiânia, construtora entregou o lanche da cantina em domicílio

O trabalho em casa foi a estratégia adotada por 46% das empresas durante o auge do isolamento social imposto pela pandemia em 2020, de acordo com a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise Covid-19. O estudo elaborado pela Fundação Instituto de Administração (FIA) coletou, em abril, dados de 139 pequenos, médios e grandes negócios que atuam em todo o Brasil.Segundo o levantamento, cerca de 94% das empresas brasileiras afirmaram que atingiram ou superaram suas expectativas de resultados com o home office.

O ano passou e, após a primeira onda da Covid-19, muitos estabelecimentos voltaram à rotina normal. No entanto, novas medidas de restrições foram impostas pelas autoridades governamentais para tentar conter a segunda onda da pandemia, novamente as empresas tiveram de retornar para o trabalho remoto. A boa notícia nisso tudo? As organizações demonstram estar mais preparadas para o teletrabalho.

É o caso da Brasal Incorporações em Goiânia, que está orquestrado o trabalho do setor administrativo à distância, com redução de expediente presencial. Neste ano, além de estar com a estrutura montada para a rotina fora da empresa continuar acontecendo, como o empréstimo de notebooks, já começam a ser desenvolvidas iniciativas para gerar mais conexão com as equipes. Dias atrás, os colaboradores foram surpreendidos com a entrega de um kit de lanche em casa, simbolizando o tradicional cafezinho que se toma na cantina da empresa. O objetivo foi tornar mais agradável a experiência do home office.

“Estar em home office nesse momento se faz necessário, mas muitos trabalhadores sentem-se isolados. O que fizemos foi algo muito singelo, mas não poderíamos deixar de lado. É uma maneira de mostrar que os colaboradores podem contar conosco nesse momento, que mesmo longe seguimos presentes e nos importando com todos”, destacou o diretor da filial da Brasal Incorporações em Goiânia, Thiago Galvão.

A iniciativa agradou. “Foi uma forma da empresa cuidar do colaborador, de estimular a satisfação de ficar em casa e de reforçar os cuidados. Fizeram o home office ficar melhor, mais produtivo”, afirma a engenheira Elisa Leles, de 25 anos, sobre o mimo recebido pela empresa, na qual trabalha há cinco anos. Ela, que atua com planejamento e orçamento das obras, revela que prefere trabalhar no escritório. “Em casa ficamos sozinhos, focados no trabalho e perdemos um pouco do contato com os colegas, aquele relacionamento fácil. Porém, entendo que a situação é grave e espero que passe logo”, almeja.

A secretária Cláudia Gonçalves Araújo Lacerda, de 54 anos, também gostou do kit enviado pela incorporadora. “Foi um acalento enorme, surpreendente. Para mim foi uma injeção de ânimo e coragem para continuar, me senti envolvida”, relata ela sobre a sensação ao receber o kit.  O home office foi bem aceito pela colaboradora que até prefere a modalidade. “Como tenho uma mãe idosa, fico mais tranquila trabalhando em casa; apesar de que na Brasal todos os cuidados foram mantidos os mesmos durante todo ano”, destacou acerca das medidas de prevenção ao coronavírus adotadas pela empresa.

Adaptação mais rápida

Nesse ano, a empresa considerou que a adaptação ao home office foi mais fácil, em virtude da experiência do ano anterior e dos investimentos estruturais realizados pela empresa. A Brasal Incorporações desenvolveu um site para o registro de ponto e das atividades executadas durante o expediente. Os arquivos da empresa podem ser acessados remotamente pela equipe. Softwares seguros para  webconferência foram disponibilizados para as reuniões.

Em um outro portal desenvolvido pela Brasal, o funcionário tem todas as informações sobre cuidados com sua saúde e precisam responder semanalmente a um questionário sobre seu bem-estar. Caso algum colaborador apresente sintoma que chame atenção para a Covid-19, uma equipe de saúde, incluindo um médico, passa a fazer acompanhamento por teleconsulta, inicialmente. “Mesmo à distância prezamos pela saúde de todos os nossos trabalhadores. Queremos todos bem para que quando tudo passar estejamos juntos novamente”, salienta o diretor Thiago Galvão.

“No primeiro home office eu tinha preocupação de como seria vista ou como saberiam que estou à disposição, mas a empresa dá todas as ferramentas para realizar um bom trabalho. Tenho ainda um gestor compreensivo e que se molda às situações. O home office veio para quebrar paradigmas, rendo normalmente”, detalha a secretária Cláudia Gonçalves, que está há dois anos e quatro meses na incorporadora.

Deixe uma resposta

Next Post

Isolamento social com rígidos protocolos de segurança e a natureza como aliada no Eco Resort Foz do Marinheiro

O Eco Resort Foz do Marinheiro opera com rígidos protocolos de segurança, e garante natureza e isolamento social cercado de muita natureza e Mata Atlântica, durante a fase roxa do plano São Paulo. O Eco Resort Foz do Marinheiro ajuda o Isolamento social, oferecendo um cenário de rara beleza e adota […]

Subscribe US Now

%d blogueiros gostam disto: