Exames por imagem: precisão de diagnóstico sem intervenção cirúrgica

Hora News

Especialista explica a utilização da ressonância magnética para diagnóstico e monitoramento de doenças

Mesmo que necessários, realizar exames nem sempre soa confortável. Entretanto, com os avanços da medicina aliados à tecnologia, além de dar celeridade aos procedimentos, os exames hoje são mais assertivos. O diagnóstico por imagem é uma das formas mais rápidas, seguras e com alta precisão indicadas pelos médicos, sem a necessidade de intervenção cirúrgica.

Inúmeras doenças podem ser diagnosticadas e acompanhadas por meio destes testes. De acordo com o coordenador médico da Radiologia do Hospital Águas Claras Igor Carvalho, a ressonância magnética é um desses exames e é indicada, na maioria das vezes, para pessoas que estão em tratamento oncológico ou com doenças ósseo-articulares.

“A ressonância é utilizada pela oncologia para fazer o diagnóstico e acompanhamento de diferentes tipos de câncer. Pelo fato de não conter radiação ionizante, como outros tipos de exame de imagem, ela pode ser realizada inúmeras vezes, sempre que necessária e indicada pelo médico”, explica o médico radiologista.

A avaliação é feita por meio de um aparelho que cria imagens em alta definição em três planos: sargital, coronal e axial, auxiliando assim, na análise com maior precisão. “Alguns tipos de ressonância devem ser feitos com contraste. O contraste é uma medicação que pode ser administrada por meio intravenoso, intra-articular e oral. Entretanto, nem sempre é necessária sua utilização”, aponta.

De acordo com Igor Carvalho, são poucas as contraindicações para o exame e são sempre verificadas antes de sua realização.

Entre outros exames de imagens, os mais frequentes são: raio x, mamografia, tomografia computadorizada, ultrassonografia e densitometria óssea. O Hospital Águas Claras possui um centro de diagnóstico por imagem com um médico radiologista de plantão 24h por dia, onde os pacientes podem realizar esses e outros exames a qualquer momento.

Inclusive, o HAC é o primeiro hospital da América Latina a contar com um equipamento de ressonância que funciona apenas com sete litros de gás hélio (recurso não renovável e que nenhum outro elemento tem uma propriedade parecida). Normalmente, esses equipamentos consomem cerca de 1.500 litros.

Para tirar dúvidas ou agendar sua avaliação, ligue para (61) 3052-4647 ou 3052-4600. ​

Hospital Águas Claras

O Hospital Águas Claras é o mais novo e maior complexo hospitalar da Rede Ímpar no Distrito Federal. É um hospital geral de alta complexidade, que tem como missão oferecer a melhor experiência ao paciente, aliada à tecnologia de ponta e compromisso com o meio ambiente.

Possui uma estrutura completa, distribuída em 37,6 mil metros quadrados de área construída.  Com 265 leitos, sendo 70 de UTI, tem pronto-socorro com capacidade para 20 mil atendimentos por mês. O centro médico tem 10 andares, com 120 consultórios. O centro cirúrgico possui 12 salas e o centro de diagnóstico por imagem, equipamentos de ponta e alinhados com o meio ambiente. Recém-inaugurado, o Hospital Águas Claras gerou cerca de 3 mil novos empregos, diretos e indiretos.

O Hospital Águas Claras pertence à Rede Ímpar que possui 7 hospitais nos estados de São Paulo (Hospital Santa Paula e H9J), Rio de Janeiro (Hospital São Lucas Copacabana e Complexo Hospitalar de Niterói – CHN) e Distrito Federal (Hospital Brasília, Maternidade Brasília e Hospital Águas Claras) e que se uniu à DASA, líder em medicina diagnóstica no Brasil e GSC Integradora de Saúde.

Deixe uma resposta

Next Post

Prefeito de Gameleira convoca gestores a pressionar congressistas por apoio financeiro

"Em conversa com o senador Luís do Carmo, propus essa questão a qual foi gentilmente aceita", disse Wilson Tavares

Subscribe US Now

%d blogueiros gostam disto: