Engenheiro ambiental ensina passo a passo para fazer uma composteira doméstica

Hora News

Projeto mais recente oferece aula de compostagem doméstica, ideal para o plantio de hortaliças orgânicas em casa. Gostou da ideia? O engenheiro sanitarista e ambiental Áquila Levindo ensina como fazer o passo a passo

Alta de alimentos e a busca por opções mais frescas e saudáveis. Quer mais incentivos sobre os benefícios de se investir numa pequena horta no quintal de casa? O Brasil é considerado um dos países que mais consomem agrotóxicos no mundo, cerca de 5,2lts de agrotóxico por habitante. Logo, quanto mais alimentos de procedência conhecida forem à mesa, mais a saúde irá agradecer.

 

Uma iniciativa nesse sentido vem da GPL Incorporadora. Entre tantos projetos para colaborar com uma vida mais sustentável, os colaboradores da obra do Citizen Home receberam recentemente o engenheiro sanitarista e ambiental Áquila Levindo para ensinar o passo a passo de uma composteira doméstica.

 

A compostagem é um processo natural em que os microrganismos degradam a matéria orgânica transformando um material rico em nutrientes para adubagem de todos os tipos de plantas, mas principalmente para hortas e plantas frutíferas.
Dicas
Para fazer a composteira você irá precisar de três baldes grandes com tampa, minhocas e uma tela de jardinagem. E a cultura da reciclagem pode começar até mesmo na escolha dos materiais. “Fomos até uma padaria e pedimos baldes de margarina grandes que seriam descartados. Nesse caso, a composteira sai praticamente a custo zero”, explica.

 

E para fazer não tem segredo. Basta seguir o passo a passo corretamente, aguardando o período do processo químico que varia de 25 a 45 dias. “Esse período vai depender muito se a pessoa irá ou não utilizar as minhocas no processo. Caso opte por usar, o ideal é a compra de minhas australianas, muito fáceis de serem encontradas em minhocarios”, explica.

 

Outra dica importante dada pelo engenheiro é evitar alimentos cítricos, por modificarem o PH da compostagem, alimentos cozidos ou com temperos como restos de arroz ou feijão.
“É interessante que os alimentos depositados na sua composteira, sejam previamente fatiados, a fim de agilizar o processo de decomposição. Temos que pensar que isso é um processo físico e químico. Assim, para melhorar ainda mais o processo, é interessante sempre cobrir os resíduos orgânicos com matérias secas, sejam resto de folhas ou serragem de madeira”, diz.

 

Então já pensou em ter sua própria hortinha em casa? Pois bem. Áquila listou um passo a passo de como a composteira deve ser feita, para que você possa adubar de forma natural as plantas, mantendo ainda mais sua qualidade de vida e saúde. Confira:

 

Como fazer:

 

Passo 1 – No Balde 1 deverão ser feitos vários furos no fundo e próximo da tampa

 

Passo 2 – No Balde 2 deverão ser feitos vários furos no fundo e na tampa em uma tamanho maior para as minhocas subirem

 

Passo 3 – No Balde 3 deverá fazer uma abertura na tampa e colocar uma tela e no balde deverá ser encaixada uma torneira a 3 cm da base (vide Passo 1)

 

Pode colocar à vontade na sua composteira
Frutas, legumes, verduras, grãos e sementes, borra de café (desde que coado sem açúcar) e cascas

 

Evitar colocar
Frutas cítricas, alimentos cozidos, guardanapos, laticínios, flores e ervas

 

Não podem ir à composteira
carnes, limão, temperos, óleos e gorduras, líquidos e fezes de animais
Prazo para finalização do adubo

 

Em cerca de 25 a 45 dias você terá um composto que poderá usar como adubo para as plantas. O líquido preto, conhecido como chorume, que fica no último balde pode ser usado como fertilizante. Basta coletá-lo pela torneira acoplada à composteira, e diluir em água, na proporção de 1 para 10. Em seguida é só borrifar nas plantas.

Deixe uma resposta

Next Post

Sicredi está entre as instituições financeiras com melhor desempenho nas linhas emergenciais do BNDES em 2020

O bom desempenho do Sicredi nas linhas de crédito disponibilizadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em 2020, para minimizar impactos da crise provocada pela pandemia de Covid-19, foi reconhecido pelo “Projeto Incentivos aos Agentes Financeiros”, do banco de fomento. O órgão estatal listou instituições financeiras com […]

Subscribe US Now

%d blogueiros gostam disto: