Vila Nova reabilita Brusque e é derrotado em casa

O Vila Nova recebe na tarde deste sábado (2/1) o Brusque, em jogo válido pela 4ª rodada do quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série C. E o time goiano conseguiu reabilitar o adversário, que voltou a vencer depois de 10 jogos, pelo placar de 3 a 0. Com a derrota o clube goiano caiu da segunda posição para a quarta colocação, enquanto os catarinenses assumiram a liderança com seis pontos.

Aos 11′ do primeiro tempo o time colorado ganhou a bola no meio de campo, trabalhou a bola que chegou até o atacante Henan que bateu de fora da área, mas o goleiro Juan Carneiro conseguiu fazer a defesa e evitar o gol do Vila.

O tigre voltou a chegar mais uma vez aos 16′ da primeira etapa, após jogada trabalhada, a bola foi levantada na grande área, mas a defesa do Brusque apareceu mais uma vez para cortar e afastar o perigo.

A resposta do time catarinense veio na sequência, no entanto, a bola foi alçada dentro da área da equipe goiana, Celsinho disputo com Thiago Alagoano, a bola sobrou com o Brusque e a bola foi levantada mais uma vez para área, mas a bola saiu direito pela linha de fundo.

O Vila Nova voltou a chegar aos 22′ com outra jogada trabalhada, Henan encontrou Dudu, por fim a bola ficou com Alan Mineiro dentro da área, mas o meia colorado saiu da grande área e acabou sofrendo a falta. Celsinho ficou com cobrou rapidamente para a chegada de Alan Mineiro que bateu rasteira e Henan bem posicionado chutou por cima do gol, perdendo uma grande chance para abrir o placar.

O que o Brusque queria desde o início jogo aconteceu apenas aos 40′, o time catarinense conseguiu encaixar o contra ataque, Garcês encontrou Thiago Alagoano na entrada da área, que recebeu e bateu no canto do goleiro Fabrício para abrir o placar 0 x 1.

Com o resultado negativo o Vila partiu para cima para tentar empatar ainda na primeira etapa. Nos acréscimos, o time comandado por Márcio Fernandes pressionou e na última chance do primeiro tempo, Celsinho carimbou a trave na cobrança de uma falta, mas desceu com o resultado adverso para o intervalo.

Henan teve a chance de empatar para o Vila Nova, mas acabou perdendo pênalti

Enquanto o Vila voltou com duas mudanças com as entradas de John Lenon e Rodrigo Alves, a equipe de Márcio Fernandes não conseguiu engrenar nos primeiros minutos e teve dificuldades para furar o bloqueio do time adversário.

Apenas aos 8′ da etapa final foi que o Vila Nova conseguiu chegar com perigo, a bola trabalhada pela direita, chegou na outra ponta do ataque com Rodrigo Alves que abriu o espaço e bateu para o gol, mas com desvio, ela saiu pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio Willian Formiga apareceu para cabecear, mas no desvio a bola saiu pelo lado de fora do gol defendido por Juan Carneiro.

A pressão do Vila deu certo, e depois de cobrança de escanteio, o volante Rodolfo cortou com a mão, o árbitro bem posicionado marcou a penalidade. Henan foi para a cobrança do pênalti, mas parou nas mãos do goleiro Juan Carneiro que defendeu e impediu o empate colorado.

Depois de perder a chance de empatar o jogo em uma cobrança de pênalti, foi a vez do Brusque ir para o ataque. No contra ataque, o time catarinense encontrou mais uma vez a dupla Garcês e Thiago Alagoano, o ponta achou o ator do primeiro gol na entrada da área, que de fora da área bateu no ângulo, sem chance para o goleiro Fabrício para ampliar e fazer 0 x 2.

Aos 25′ da etapa final por pouco o Brusque não marcou o terceiro, Garcês recebeu na frente da marcação, e buscou o ângulo do goleiro Fabrício, mas a bola passou do lado do gol defendido pelo goleiro do time colorado.

No final do jogo o Brusque ainda contou com uma falha do goleiro Fabrício, em um chute de Marco Antônio para fazer 3 a 0 e assim assumir a liderança do grupo nesse quadrangular final. O Vila para conseguir o acesso vai precisar contar com o tropeços dos adversários e ganhar os próximos dois confrontos para conseguir o acesso para a Série B.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: