15 de agosto de 2020

Hora news

Seu site de notícias

Saúde cuidada por quem conhece de saúde

Sob o comando de um governador e um secretário médicos o resultado é avanço em todos os níveis como Goiás nunca vivenciou

Por Hélmiton Prateado

A saúde pública em Goiás vive um processo de avanço singular em todos os níveis e com uma gestão acima da média histórica. Os dois principais responsáveis por isso são médicos que conhecem medicina e saúde pública, além de demonstrarem responsabilidade incomum na gestão dos serviços de saúde para a população.

O governador Ronaldo Caiado é cirurgião da coluna cervical e praticou a medicina durante toda a sua vida de forma intensa antes de entrar para a atividade pública. O secretário de Saúde, Ismael Alexandrino é médico intensivista, foi oficial médico da Marinha e vem de uma experiência exitosa na gestão pública como diretor do Hospital de Base de Brasília.

Os dois gestores deram a Goiás uma precisão cirúrgica na saúde que impressiona. A mais recente demonstração conjunta foi o anúncio nessa semana de que o Hospital de Urgências de Goiânia Governador Otário Lage, o HUGOL, vai iniciar nesse mês de agosto as cirurgias cardíacas pediátricas e socorrer uma demanda que preocupava a saúde em Goiás pela necessidade e acúmulo de serviços na rede terceirizada.

Coube ao secretário Ismael Alexandrino a missão de explicar que o atendimento será uma grande conquista para a população de Goiás. “O Hugol tem condições para tanto e já está fazendo os ajustes finais com o Hospital Materno-Infantil (HMI) para que, no mês de agosto, essa seja uma realidade”, comentou o secretário.

O governador Ronaldo Caiado frisou que pela primeira vez esse tipo de atendimento será feito na rede pública de saúde e o que isso representa. “Pela primeira vez na história isso está sendo feito na rede estadual de saúde. Isso é mudar a história de nosso Estado”, finalizou.
Sob a batuta de Caiado e Ismael Alexandrino a Saúde de Goiás cumpriu as metas estabelecidas na Constituição de investimento da receita.

%d blogueiros gostam disto: