Autores goianos publicam livro-reportagem sobre o transporte público, em Goiânia

Dois jornalistas goianos promovem, no próximo sábado, 18, o lançamento do livro-reportagem Um pouco de ar, por favor! Crônicas e reportagens sobre o transporte público de Goiânia. O evento, realizado na sede do Coletivo Centopeia, na Av. Cora Coralina, no 140, Setor Sul, em Goiânia, Goiás, vai ser acompanhado de palestra sobre a qualidade do serviço, na capital.

Com o nome “O que deixamos de falar quando falamos da qualidade do transporte público em Goiânia”, o bate-papo irá discutir os efeitos práticos da abordagem cotidiana e como esta representação vem excluindo, do debate, processos importantes, como condicionantes históricos, atuação política e o próprio papel da economia.

O livro tem como objetivo qualificar o debate público e promover subsídios aos usuários do sistema de transporte coletivo ao mesmo tempo em que fornece instrumentos para que estes “usuários-clientes” tenham condições de reivindicar melhorias.

De acordo com o jornalista Victor Rodrigues Barbosa, um dos autores do trabalho, a importância do livro-reportagem reside na possibilidade de levar informação qualificada àqueles que efetivamente fazem uso do transporte coletivo e arcam com seu ônus.

“Permitir que o agora consumido, mas, antes de tudo, cidadão, esteja a par do funcionamento do sistema é o primeiro passo para a sua mudança e, consequentemente, da cidade como um todo”, afirma, ao redimensionar a importância da circulação e do deslocamento, pela cidade.

Para o engenheiro civil Wesley Humberto, uma das fontes consultadas para a construção do trabalho, a abordagem apresentada em Um pouco de ar, por favor! se diferencia não apenas dos demais trabalhos jornalísticos da área, mas também dos discursos políticos.

“O livro busca explicar o funcionamento de políticas públicas como estas deveriam ser. O trabalho não é um manual do ônibus Ele tenta explicar os diferentes fatores que nos levaram a querer um transporte particular motorizado e não o transporte público coletivo”, afirma, apontando, como faz no livro, como a escolha pelo carro criou um trânsito caótico e excludente.

O texto, que se divide em crônicas e reportagens, trabalha com grandes referências da área do Transporte, da Mobilidade Urbana e da História, sem abrir mão do texto acessível, principal característica da obra.

Publicado através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, o projeto ainda prevê a distribuição gratuita dos exemplares nos principais terminais em Goiânia, além de disponibilizá-lo a toda população interessada no formato e-book. Como parte da contrapartida social exigida pela lei de incentivo, os jornalistas irão promover outras quatro palestras, tanto sobre mobilidade urbana e circulação, quanto sobre a escrita de um livro jornalístico.

Imagem: Jonathan Fleury

 

Um comentário em “Autores goianos publicam livro-reportagem sobre o transporte público, em Goiânia

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: