Mulher grávida é espancada até perder o bebê em Aporé

Helio Lemes

Um homem de 26 anos foi preso suspeito de manter em cárcere privado e espancar a mulher grávida de quatro meses até ela perder o bebê, em Aporé no sudoeste do estado. Conforme a publicação de um portal de notícias local, a jovem de 19 anos ficou presa em casa por cinco dias.

De acordo com as informações divulgadas a polícia chegou ao local em que a mulher estava presa na última segunda-feira (6), após receber uma denúncia. Segundo a publicação o casal estava junto há dois anos e tinham uma filha de oito meses. A polícia afirmou que os dois se conheceram pela internet e decidiram morar juntos, e desde o início o rapaz era violento com a mulher.

O delegado do caso Marlon Souza afirmou que durante o relacionamento o rapaz agrediu a companheira com cordas e correntes. Segundo as declarações do investigador ao periódico, durante o cárcere privado a vítima foi agredida com socos e chutes, que resultou no aborto.

O suspeito do crime foi levado para o presídio de Itajá e vai responder por lesão corporal gravíssima referente ao aborto, cárcere privado, estupro e ameaça. Conforme depoimento prestado pelo rapaz, o mesmo alegou que estava se defendendo das agressões da companheira que segundo o suspeito avança contra ele por ciúmes.

*Com informações do G1

Deixe uma resposta

Next Post

ONG alerta que morre uma criança por dia no Nordeste da Síria

De 20 de dezembro de 2019 a 7 de janeiro, 36 crianças foram mortas

Subscribe US Now

%d blogueiros gostam disto: