Prefeitura libera Centro para compras de natal

Iniciada no dia 25 de setembro, a segunda etapa das obras da rede de drenagem e do corredor do BRT na Avenida Goiás, entre a Avenida Paranaíba e a Avenida Anhanguera, já está em fase de conclusão. O corredor do BRT já está pronto e o trânsito de veículos nos cruzamentos das ruas 4 e 5 já está liberado. O pavimento de concreto será liberado para carros leves, caso a chuva impeça a conclusão da pista de asfalto até o final desta semana.

A pedido dos lojistas que atuam na Avenida e nas imediações, as obras na via serão paralisadas neste final de ano e retomadas no início de janeiro, com a execução da terceira etapa, entre a Avenida Anhanguera e a Praça Cívica.

“Atendendo ao pedido dos lojistas, decidimos adiar o início da terceira etapa das obras na Goiás para o início do próximo ano”, informa o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Dolzonan da Cunha Mattos. “Mas mantemos o compromisso e o cronograma de entregar a obra pronta, nos dois sentidos da Avenida Goiás, em agosto de 2020”, garante o secretário.

Rede de drenagem e BRT

A rede de drenagem completa tem 2,6 km e vai da Praça Cívica ao Setor Norte Ferroviário. É parte integrante do complexo do BRT e conta com orçamento na ordem de R$ 7,8 milhões. Os trabalhos de construção tiveram início em maio e, por ser o trecho mais complexo, começaram pela Rua 4, no Setor Norte Ferroviário. De lá, seguiu pela Avenida Oeste, no Setor Marechal Rondon, Avenida Goiás, onde cruza a Avenida Independência para chegar até à Praça Cívica.

Durante as obras da rede de águas pluviais, a Avenida Goiás vem sendo requalificada e preparada para a operação do BRT, com a construção das estações de embarque e desembarque de passageiros, implantação de pavimentos rígidos e flexíveis e a completa revitalização da sinalização de trânsito, horizontal, vertical e semafórica, com semáforos inteligentes.

As calçadas estão sendo readequadas, conforme as normas de acessibilidade e arborizadas, com a troca das espécies que estiverem condenadas. A iluminação em conjunto LED será adotada em toda a via.

Com a rede de drenagem, a prefeitura soluciona o problema de alagamentos e enchentes em grande parte da região Central de Goiânia. O prazo para conclusão da obra é agosto de 2020.

O orçamento para a execução das obras nesse trecho da Goiás até a Praça Cívica é de R$ 40,575 milhões, sendo: Drenagem: R$ 7,775 milhões; Pavimento Rígido: R$ 17,194 milhões; Pavimento Flexível: R$ 3,468 milhões; Obras complementares: R$ 10,178 milhões; e Estações: R$ 1,960 milhões.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: