Dia dos Pais deve gerar R$ 5,6 bilhões de faturamento em 2019

Hora News 2

CNC projeta alta de 2,1% nas vendas para a quarta data comemorativa mais importante do varejo e geração de 11,9 mil vagas temporárias de trabalho

 Pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima alta de 2,1% nas vendas para o Dia dos Pais neste ano, já descontada a inflação. Com isso, devem ser movimentados R$ 5,6 bilhões, o correspondente a 4,5% de todo o faturamento esperado pelo setor no mês de agosto. Este será o terceiro ano consecutivo de crescimento, mas, levando-se em conta o desempenho dos últimos anos (+3,6% em 2017 e +4,1% no ano passado), o setor ainda não retomou o ritmo de antes da crise.

Para o presidente da CNC, José Roberto Tadros, mesmo que o crescimento das vendas não seja tão significativo, pois o consumo ainda esbarra na lenta tendência de queda do desemprego e ociosidade no mercado de trabalho, a data trará um alento com a perspectiva de contratação. “O varejo está apostando numa segunda metade de ano mais favorável, decorrente de medidas de estímulo à economia. Por isso, a expectativa este ano é que sejam efetivados 5% dos trabalhadores temporários, a melhor nos últimos cinco anos para a data”, afirma Tadros.

Geração de vagas de trabalho temporário

O terceiro avanço consecutivo nas vendas deverá proporcionar ao varejo aumento da quantidade de trabalhadores temporários. A estimativa da CNC é que sejam gerados 11,9 mil postos de trabalho voltados exclusivamente para a data. No ano passado, o setor demandou 9,6 mil trabalhadores temporários.

Quase metade das vagas serão dirigidas para os segmentos de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (5,1 mil postos), seguidos dos setores de vestuário e calçados (2,7 mil) e de artigos de uso pessoal e doméstico, como os eletroeletrônicos (1,9 mil). O salário médio de admissão será de R$ 1.257, 4,2% maior do que os R$ 1.206 pagos no mesmo período do ano passado.

Segmentos em destaque

A pesquisa aponta que os segmentos de hiper e supermercados serão o destaque positivo da data, com 40,4% do total de vendas, o equivalente a R$ 2,1 bilhões. Em seguida, vêm o ramo de artigos de uso pessoal e doméstico, como utilidades para o lar e eletroeletrônicos (R$ 829,1 milhões ou 15,6% do total), e o de vestuário e calçados (R$ 683,4 milhões ou 12,9% do total). 

As vendas serão estimuladas pela queda estimada dos preços de televisores (-6,9%), calçados esportivos (-3,0%) e bebidas alcoólicas (-0,8%). Na comparação com o mesmo período do ano passado, livros (+26,8%), entradas para cinema (+14,3%) e aparelhos telefônicos (+11,0%) estão mais caros.

2 thoughts on “Dia dos Pais deve gerar R$ 5,6 bilhões de faturamento em 2019

Deixe uma resposta

Next Post

Governador ressalta trabalho social promovido pela Assembleia de Deus na recuperação de dependentes químicos em Goiás

Em cerimônia que celebrou os 66 anos do Bispo Oídes, Ronaldo Caiado destacou a importância política do líder religioso em todo Brasil e elogiou os resultados alcançados pelos programas sociais da igreja na recuperação de dependentes químicos

Subscribe US Now

%d blogueiros gostam disto: